Ideário da CONFHIC

voltar

Inspiradas no carisma fundacional, a CONFHIC, nas Irmãs que se dedicam à missão educativa, dão continuidade ao sonho da Fundadora – Venerável Irmã Maria Clara do Menino Jesus.

   “Educar na hospitalidade e no amor” é meta que nos propomos através de um projeto e pedagogia de natureza axiológica que favorece o educando no crescimento do ser e do saber. Trata-se de um compromisso amorosamente assumido pela escola, em prol da formação integral do aluno. Propomos, pois, a clareza de um projeto antropologicamente fundamentado, que define o paradigma de “Homem” que se pretende ajudar a construir e as diretrizes identitárias da escola, que facilitam, em nosso entender, o percurso da personalização e humanização do educando.

Assim, ao afirmarmo-nos como Escola Católica, defendemos que Cristo é o fundamento e inspiração da nossa ação pedagógica na medida em que «Revela e promove o sentido novo da existência e transforma-a, habilitando o homem a viver de maneira divina, isto é, a pensar querer e agir segundo o Evangelho, fazendo das Bem-aventuranças a norma da vida. É precisamente pela referência explícita e co dividida por todos os membros da comunidade escolar – embora em grau diverso – à visão cristã, que a escola é católica, porquanto os princípios evangélicos tornam-se nela normas educativas, motivações interiores e ao mesmo tempo metas finais.» -(Congregação para a Educação Católica, Educar na Escola).

A nossa identidade Institucional radica, portanto em Cristo Jesus e a partir d’Ele surge o argumento antropológico que favorece a promoção do homem integral, porque

«em Cristo, o homem perfeito, todos os valores humanos encontram a sua realização plena e, portanto, a sua humanidade. JesusCristo eleva o Homem, valoriza a sua existência, constitui o paradigma e o exemplo de vida proposto aos jovens…» (CEC, Educar na Escola).

 O nosso específico, enquanto Escola Franciscana Hospitaleira, revela-se na nossa Proposta Educativa traduzida, especialmente, no projeto educativo como instrumento vocacionado à praxis e estímulo à liberdade no confronto com os valores dos quais dependem o sentido e o valor da vida, o exercício da inteligência, a responsabilidade, as opções assertivas, o respeito e apreço por si, pelo outro, pela natureza, o cultivo pela fraternidade universal, o cultivo do bem e do belo, etc. 

A nossa experiência de décadas, em missão educativa, e a atitude vigil ao horizonte cultural de cada época, indica uma vitalidade própria que integra a renovação corajosa e sapiente. Entendemos que «uma autêntica educação escolar exige uma autentica radicação na verdade do homem, isto é, no respeito integral pela sua origem e pelo seu destino transcendente e pela defesa da sua dignidade inalienável e inviolável ao longo do percurso do seu desenvolvimento desde a sua conceção». (Carta Pastoral, A Escola em Portugal, 2008).

Finalmente, é nossa missão específica educar para a hospitalidade; aquela que promove o ser pelo cuidado e gestação do que possa tornar o Homem mais humano e menos brutal. A hospitalidade como espiritualidade da escola franciscana hospitaleira dilata e transcende o eu pessoal até ao coração do outro, da criação e de Deus até à máxima elevação de si mesmo. Esta pedagogia do amor-proximidade aliada à competência e dedicação dos nossos educadores é que há de ajudar o educando a afeiçoar-se à sabedoria procurada e vivida ao longo da sua trajetória existencial. 

Destaques

Um Conto Que Contas, Matemática e Português dão Prémios?!
CNSB, volta a pontuar

MELHOR ESCOLA
Vota no teu Jornal

Jantar de finalistas 2016/2017
E eis que o dia tão esperado chegou. Após tantos anos a ver os colegas mais velhos participarem no baile de finalistas, o nosso momento aconteceu. A cerimónia realizou-se no dia 28 de abril, na Quinta da Velha, em Crestuma.

Participação encorajadora dos nossos artistas fora de portas
Os alunos do 10º e 11º anos, de Artes, do CNSB, mostram o seu talento

Visita à cidade do Porto
Pouco passava das 14h do último dia do mês de março, quando a turma do agrupamento de Humanidades do 11º ano do CNSB rumou ao Porto. No âmbito da disciplina de História A, visitámos alguns dos mais belos monumentos da cidade invicta e de Vila Nova de Gaia.

VIAGEM CULTURAL 9.º ANO - Paris
Estava toda a gente no aeroporto à espera daquele que seria o voo que nos levaria a Paris

FANTASLÍNGUA X
Foi ao som das vinte e uma badaladas, do dia 17 de fevereiro, que iniciou a décima edição do FantasLíngua, subordinado ao tema ?BEM DITA PALAVRA?

Viagem Cultural ao Norte de Itália
Uma vez chegados a solo italiano, a primeira visita teve lugar em Maranello, muito próximo da cidade de Modena

Cerimónia da 4º Edição do Selo Escola Intercultural
No passado dia 12 de janeiro, a direção do Colégio e a professora responsável pelo projeto de Interculturalidade do nosso Colégio deslocaram?se ao Centro Ismaili, em Lisboa, para receberem o Selo Escola Intercultural

Dia Mundial da Ciência
Na passada quinta-feira, dia 24 de novembro