Segurança

voltar

 

A segurança é uma das preocupações do colégio. Neste sentido, numa perspetiva, também formativa, a Escola dispõe de um Plano de Evacuação para que todos saibam o que fazer em caso de emergência grave.

Para que, em caso de emergência, tudo decorra com normalidade há que treinar e exercitá-lo com professores, funcionários e colegas. A prática permite aperfeiçoá-lo de maneira a que, numa situação de emergência real, todos saiam do edifício rapidamente e em segurança.

Instruções de Evacuação

Ao ser ouvido o sinal de alarme, devem seguir as instruções do professor.
Não se preocupem com o material escolar, deve ser deixado sobre as carteiras, saem e fecham a porta.
Seguem as setas de saída em silêncio.
Não deverão correr.
Descem as escadas encostados à parede. Nunca voltam atrás.
Não param na porta de saída. Esta deve estar livre.
Têm de dirigir-se para o local que o professor  indicar, para se apurar que não falta ninguém.

Instruções Gerais

Se houver uma situação de emergência no colégio, dispomos do seguinte alarme acústico para informação: a campainha normal emitirá 3 toques interrompidos por pausas.

É à direção da escola que compete decidir sobre a evacuação total ou parcial das instalações.

A coordenação da evacuação das turmas é feita pelo professor e um aluno, nomeado para o efeito e designado chefe de fila (delegado de turma). Em caso de evacuação, este segue sempre à frente da turma, enquanto o professor é o último a sair, de forma a certificar-se que não fica ninguém, a socorrer algum aluno que precise e a verificar que as portas e janelas ficam fechadas. 

Ao ser determinada a evacuação das instalações, não se preocupem com o material escolar, devem seguir, rigorosamente, as normas de evacuação.

Os alunos devem sair da sala em fila indiana, sem corridas, mas em passo apressado, seguindo as setas de saída, as instruções dos coordenadores de evacuação, devidamente identificados e que ocupam os locais estratégicos (pontos críticos) conforme previamente definidos.

Não pare nunca nas portas de saída. Estas devem estar livres. Se tiver que utilizar as escadas, encoste-se à parede.

Compete ao professor manter a ordem no ponto de reunião (recreio da entrada do colégio/recreio do 1º ciclo) e proceder à conferência dos alunos pelo que estes não devem abandonar o local sob qualquer pretexto e sem a devida autorização. 

O regresso à normalidade é definido exclusivamente pela direção da escola que informará pelos meios que considere convenientes.

Destaques

VIAGEM CULTURAL 9.º ANO - Paris
Estava toda a gente no aeroporto à espera daquele que seria o voo que nos levaria a Paris

FANTASLÍNGUA X
Foi ao som das vinte e uma badaladas, do dia 17 de fevereiro, que iniciou a décima edição do FantasLíngua, subordinado ao tema ?BEM DITA PALAVRA?

Viagem Cultural ao Norte de Itália
Uma vez chegados a solo italiano, a primeira visita teve lugar em Maranello, muito próximo da cidade de Modena

Cerimónia da 4º Edição do Selo Escola Intercultural
No passado dia 12 de janeiro, a direção do Colégio e a professora responsável pelo projeto de Interculturalidade do nosso Colégio deslocaram?se ao Centro Ismaili, em Lisboa, para receberem o Selo Escola Intercultural

Dia Mundial da Ciência
Na passada quinta-feira, dia 24 de novembro

Eurodeputado Paulo Rangel no nosso Colégio
No passado dia 25 de novembro de 2016, o excelentíssimo eurodeputado

Chá com poesia...
Poemas de Natal, Amor e afins?

CNSB celebra a Semana Missionária
na comemoração do 90º Dia Mundial das Missões

Dia de S. Francisco mobiliza toda a comunidade educativa
EDUCAR PARA HUMANIZAR!

Colégio Nossa Senhora da Bonança celebrou Dia Europeu das Línguas
O Colégio de Nossa Senhora da Bonança celebrou o Dia Europeu das Línguas, no dia 23 de setembro. Centenas de alunos exploraram a cidade de Gaia acompanhados pelos seus professores e participaram em atividades relacionadas com a diversidade das línguas europeias.